Perguntas Frequentes

O que o Georadar pode detectar ?


Eles podem ser usados ​​para localizar objetos com composições diferentes dos materiais adjacentes. Um tubo de PVC, por exemplo, tem uma composição diferente da do solo circundante. Da mesma forma, os vazios e escavações que foram preenchidos também terão composições diferentes das do solo circundante.

Aqui estão alguns objetos que o GPR pode ajudá-lo a encontrar:

Utilidades: Tubos de argila, Plástico / PVC, Tubo de concreto, Tubo de metal, Válvulas ausentes, Caixas de água, Linhas abandonadas, Conexão ilegal / desconhecida, Conduíte, Água / águas residuais, Gás, Energia, CATV, Cabo de telecomunicações, Fibra ótica, vazios e muito mais.

Análise Estrutural: Reforço, Rachaduras, Vazios, Sparling de Concreto, Espessura de Laje / Parede, Espessura de Camada de Asfalto e Mais.

Geotécnica: Alterações de densidade, colocação de aterro, pedregulhos / rochas, solo perturbado.

Ambiental: Plumas / migrações contaminantes, limites de aterros, tambores enterrados e muito mais.




O Georadar encontra TUDO ?


Quase ! O radar é a única tecnologia de sensoriamento remoto que pode detectar materiais condutores e não condutores. Embora o radar possa ver facilmente materiais condutores, como metais e água salgada, ele não pode ver através deles. Além disso, o concreto é condutor quando está fresco, mas se torna não condutor à medida que cura. Conforme norma ABNT NBR 15.935 de maio de 2011, o GPR constitui-se no método de primeira escolha para a detecção de infraestruturas enterradas, envolvendo objetos metálicos e não metálicos.




Como é realizado o Georadar em campo ?


Embora o sinal de uma antena GPR se espalhe na direção da viagem, a largura lateral que ela varre por passagem é muito fina, independentemente da antena usada. Além disso, os alvos são mais facilmente identificados com o GPR quando o caminho da pesquisa é perpendicular à orientação do alvo. Por esse motivo, os levantamentos de campo geralmente são realizadas uma malha (grade) em duas direções perpendiculares: A velocidade na qual os dados podem ser coletados (varredura de campo) é limitada pela condição da superfície. Nossos equipamentos são os mais robustos e com capacidade para todos os terrenos do mercado, permitindo que a antena “flutue” dentro da estrutura, fornecendo contato de superfície em todos os tipos de solo.




Como funciona o Georadar ?


O Georadar contém uma antena que transmite e recebe ondas de radiofrequência. Essas ondas de rádio penetram na superfície em que a antena está tocando ou nas proximidades. Enquanto grande parte do sinal se dissipa, uma porcentagem do sinal volta a ser recebida pela antena. Este sinal de retorno gera dados visuais que podem ser gravados, interpretados e manipulados. Os dados são exibidos em uma unidade de controle como imagens que permitem ao operador ver o tamanho dos objetos e as profundidades em que estão localizados.

O Georadar tem os mesmos princípios básicos que um detector de metais. Um detector de metais envia energia para a terra em até 17 frequências. Quando essa energia encontra um objeto metálico, é traduzida em um tom reconhecível. Da mesma forma, o GPR envia milhões de frequências que retornam à antena e fornecem dados visuais da subsuperfície e objetos enterrados nela.




Qual profundidade o Georadar pode "ver" os alvos / interferências no solo ?


A profundidade da penetração de GPR depende do material que está sendo pesquisado e também da frequência da antena usada. Por exemplo, o GPR penetrará rocha, solo e asfalto de maneira diferente devido às propriedades elétricas únicas de cada material. Antenas de frequência mais baixa geralmente penetram mais fundo, mas há uma perda na resolução com a queda na frequência.

As condições do solo podem variar bastante, o que afeta a penetração de GPR. Em geral, solos arenosos secos com pouco conteúdo de sal retornam excelente resolução de pesquisa, mas solos "pesados" ​​à base de argila são difíceis de penetrar com o GPR. Em algumas situações, a profundidade de penetração pode ser limitada a alguns metros ou menos dentro das argilas, enquanto os tubos que residem em solos arenosos podem ser detectados em maiores profundidades.





Exemplos de Imagens Georadar 

Análise de Concreto

Com o Georadar é possível identificar a integridade dos pilares e o teor de ferro existente.

Ramais de Água

Trecho apresentando diversas derivações da adutora.

Interferências

Diversas tubulações sobrepostas.

Retrofit

Alguns imóveis antigos não possuem a planta cadastral. Através do Georadar é possível detectar as fundações, colunas e vigas.

Sítio Arqueológico

O Georadar é o método mais utilizado e recomendado para identificação de sítios arqueológicos.

Contaminação por Pesticida

Aplicado em estudos ambientais, o Georadar identifica contaminações no solo, para depois receber tratamento adequado.

Interferências

Redes de telecom e elétrica, galeria pluvial e marcas do aterro.

Interferências em 3D

É possível visualizar as interferências em forma de bloco 3D, permitindo uma análise detalhada de um determinado trecho.

Solo Mole

É possível identificar as camadas de solo e suas características, tais como solo mole, turfa, argiloso entre outros.

Topo Rochoso

Mapeamento de rochas ao longo do terreno, evitando atrasos/custos extras na obra. A sondagem convencional determina apenas num determinado ponto, já o Georadar permite visualizar uma grande área rapidamente.

Placas de Concreto

É possível verificar o posicionamento e altura das barras de transmissão em placas de concreto.

Orçamento

Rio de Janeiro:

Av. Presidente Vargas, 824/844  - 17° Andar

Centro - Rio de Janeiro / RJ

Tel: +55 (21) 2184-7336

Cel: +55 (21) 98181-9691

São Paulo:

Av Paulista, 1079 – 8º andar 

Paulista Financial District

Bela Vista, São Paulo / SP

Tel: +55 (11) 2787-6402

Espírito Santo:

Rua José Alexandre Buaiz, 300 - 20º andar

Edifício Work Center Office

Vitória, Espírito Santo / ES

Tel: +55 (27) 3375-8718

Minas Gerais:

Rua Paraíba, 550 -  9º andar

Funcionários, Belo Horizonte / MG

Tel: +55 (31) 3308-9453

Paraná / Sul:

Rua Pasteur, 463 – 13 andar

Curitiba / PR

Tel: +55 (41) 2106-6861

Bahia 

Av. Tancredo Neves, 620, 

Caminhos das Árvores, Salvador / BA

Tel: +55 (71) 2202-6117

Ceará / Nordeste

Av. Dom Luís, 807 – 21º andar

Meireles, Fortaleza / CE

Tel: +55 (85) 3402 8922

Pernambuco:

Av. Eng. Antônio de Goés, 60 - 7º andar, sala 701  Pina - Recife / PE

Tel: +55 (81) 2122-3150

Rio de  Janeiro
(21) 2184-7336
São Paulo
(11) 2787-6402
Minas Gerais
(31) 3308-9453
Espírito Santo
(27) 3375-8718
Paraná / Sul
(41) 2106-6861
Bahia 
(71) 2202-6117
Ceará / Nordeste
(85) 3402 8922
WhatsApp: 21 98181-9691
contato@scangeo.com.br